Falcão o Rei do Futsal



Sandro Rosa Vieira, mais conhecido como Falcão, nasceu em São Paulo (SP), no dia 8 de junho de 1977. É um jogador profissional de futsal. Atualmente joga pela equipe do Magnus Sorocaba.

O APELIDO “FALCÃO”


Herdou o apelido do seu pai, João Eli Vieira, famoso nos campos de várzea da Zona Norte de São Paulo, João era conhecido como Falcão pela semelhança física com o ex-jogador de futebol de campo Pulo Roberto Falcão, que jogou no Internacional de Porto Alegre e na Seleção Brasileira.

INÍCIO DA CARREIRA


Iniciou sua carreira no futsal defendendo o AACC Guapira no ano de 1991, clube da Zona Norte de São Paulo. Sua incrível habilidade logo chamou a atenção do Corinthians (SP), contratando-o no ano seguinte.

A cada competição, conquista ou vitória, Falcão ganhava mais notoriedade. As suas entregas em busca do título, do gol, do lance genial e da vitória do coletivo, sempre foram constantes em sua carreira. Sendo assim traçando um lindo repertório em sua carreira.

EM CLUBES

Falcão conquistou todos os títulos oficiais por onde passou, desde Estaduais, Libertadores, Nacionais e também o Mundial de Clubes, conquistado jogando pelo São Paulo/Osasco, em 2000.

SELEÇÃO BRASILEIRA


A partir do ano de 1998, com 22 anos, prodígio, Falcão começava a se firmar na Seleção como um dos futuros protagonistas da próxima geração, ao lado de Lenísio, Simi, Schumacher, entre outros.

No ano 2000, Falcão teve sua primeira participação em Copas do Mundo, disputado na Guatemala, a Seleção Brasileira levou o vice-campeonato da competição. Em 2004, em sua segunda Copa do Mundo, o craque da camisa 12 foi eleito pela FIFA o Melhor Jogador de Futsal do Mundo, na ocasião o Brasil conquistou a medalha de bronze. 

Em 2008, na sua terceira participação, o craque repetiu o feito e foi eleito novamente o Melhor Jogador de Futsal do Mundo, desta vez se sagrando campeão em cima da rival Espanha. No ano de 2007, foi a estrela principal estrela na conquista da medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos no Rio, que teve pela primeira vez a participação do futsal.


Em 2012, o craque foi para sua quarta participação em Copas do Mundo, disputado na Tailândia, em novembro. Falcão viveu um drama com lesões e paralisia facial durante o campeonato, teve participação de 37 minutos ao todo da competição, fez 4 gols, cada gol com uma história: o 1º foi contra o Panamá pelas oitavas de final, foi o gol de 337 pela Seleção Brasileira, que tornou Falcão o “Maior Artilheiro de Todas as Seleções Brasileiras”, incluindo campo, areia e futsal; O 2º e o 3º foi contra a Argentina, onde o Brasil perdia de 2 a 1 pelas quartas de final, o Jogador empata a partida e garante a vitória brasileira; O 4º gol foi o mais decisivo, Brasil perdia para a Espanha por 2 a 1 e faltando 3 minutos para acabar o jogo, Falcão faz o gol do empate, levando a partida para a prorrogação. Na prorrogação Neto decide o jogo, vencendo os Espanhóis por 3 a 2.

FUTEBOL DE CAMPO

Falcão Campeão Paulista pelo SPFC


No ano de 2005, com o status de melhor jogador do mundo em 2004, Falcão deixa provisoriamente o futsal e o time de Jaraguá do Sul (SC), seu time desde 2003, para tentar a sorte no campo. Figura como a principal contratação do São Paulo para o início da temporada. Participa pouco da campanha que levou o time ao título estadual.


Foi inscrito também na Libertadores daquele ano, 
vencida mais tarde pelo próprio São Paulo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...