Curiosidades sobre alimentos


Adesivo em frutas é comestível

Aqueles adesivos irritantes em frutas e legumes são feitos de papel comestível. Claro que é melhor retirá-los, mas se comê-los sem querer, não fique preocupado.

Gelatina não é vegetariana

Apesar da aparência, a maior parte da gelatina que encontramos nos mercados não é vegetariana. Sua consistência deve-se ao colágeno, que usa pele e ossos de animais em sua composição. Aliás, quase toda comida “elástica” contém colágeno.

Salsicha é resto de carne

Na produção da carne, é comum sobrar uma quantidade grande de cartilagem, gordura e outras miudezas como bochechas e vísceras de animais que dificilmente seriam consumidas pelas pessoas. A solução da indústria para aproveitar essas sobras foi criar a salsicha, que é uma mistura processada de todos esses “restos”. Vai um cachorro-quente aí?

Mel não estraga

O mel em seu estado natural, segundo a FDA, órgão que regulamenta alimentos nos Estados Unidos, não estraga. Esse alimento é um ambiente impróprio para a proliferação de micro-organismos, por ter um pH ácido de 3,9, além de conter água oxigenada, que acaba protegendo o alimento. No entanto, o mel que você compra no mercado tem prazo de validade porque, exposto à umidade, luz e calor, pode fermentar e perder a validade.

Açúcar na dieta

A quantidade de açúcar que consumimos hoje é absurda. Para se ter ideia, a quantidade de açúcar que uma criança estadunidense consumiu até os 3 anos de idade é equivalente ao que uma pessoa consumia ao longo de toda a vida, 100 anos atrás. Outra comparação: um estadunidense médio consome em 5 dias a mesma quantidade de açúcar que consumia ao longo de todo o ano, um século atrás.

Um abacaxi é a junção de vários frutos

O abacaxi é classificado como um “pseudofruto”. O fruto “verdadeiro” origina-se do ovário da flor. Já o abacaxi ocorre da reunião de várias flores (inflorescência), onde formam-se vários frutos. Em outras palavras, o abacaxi é como se fosse um fruto múltiplo.

É possível comer mesmo de ponta cabeça

Mesmo de ponta cabeça, é possível engolir a comida e fazer digestão normalmente. Lutar contra a gravidade não afeta a deglutição, que é feita graças aos movimentos peristálticos no esôfago. Isso também vale se você decidir comer no espaço, com gravidade zero.

Crédito da imagem: Thinkstock

Postar um comentário
Assinar: Postar comentários (Atom)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...