Os Templos Religiosos mais incríveis do mundo


Göbekli Tepe

Local: Turquia



Situado em um pico nas Montanhas Taurus, na Turquia, Göbekli Tepe consiste no complexo de templos de pedra mais antigos de que se tem notícia. Eles foram construídos por volta do ano de 9,5 mil a.C. e até hoje os arqueólogos debatem sobre a finalidade da estrutura — embora a teoria mais aceita seja de que os edifícios fossem usados para fins religiosos.


Templo Dourado

Local: Índia


O impressionante templo acima, feito de mármore e completamente banhado de ouro, foi construído originalmente no século 16. Ele fica em Amritsar, na Índia, e é o mais importante local de culto dos sikhs. A parte superior do edifício é feita com mais de 100 quilos de ouro, e a estrutura toda — também conhecida como Darbar Sahib e Harmandir Sahib — representa a fé e os valores do sikhismo.


Mosteiro Taktsang Palphug

Local: Butão



Construído no final do século 17 na entrada de uma caverna situada a mais de 3 mil metros de altitude, o Mosteiro Taktsang Palphug é um dos templos budistas mais famosos do Butão. A estrutura conta com quatro templos principais, abrigos para os monges e se estende por várias cavernas usadas para meditação, e todas as áreas ficam interconectadas por meio de escadas, pontes e rampas.


Mesquita Sheikh Zayed

Local: Emirados Árabes



Inaugurada há 10 anos, a espetacular Mesquita Sheikh Zayed, situada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, é a terceira maior mesquita do mundo, com capacidade para até 41 mil fiéis — 7.126 deles só no salão principal de orações. O complexo inteiro ocupa uma área de pouco mais de 22,4 mil metros quadrados, enquanto o edifício conta com quatro minaretes de 107 metros de altura cada um e 82 domos de tamanhos diferentes, sendo o maior deles com 85 metros de altura e quase 33 metros de diâmetro.


Santuário de Las Lajas

Local: Colômbia



A impressionante igreja acima foi edificada no cânion do rio Guaitara, em Nariño, entre os anos de 1916 e 1949, e se transformou em um importante ponto de peregrinação — e turismo — na Colômbia. De sua base até o alto da torre, o santuário tem uma altura de 100 metros, e a ponte que conecta o templo ao outro lado do cânion fica a 50 metros do solo.


Sagrada Família

Local: Espanha



A construção da Sagrada Família — localizada em Barcelona, na Espanha — foi iniciada oficialmente em 1882, e seu monumental desenho atual foi proposto pelo arquiteto catalão Antoni Gaudí, que assumiu o projeto pouco depois de o primeiro responsável, Francisco de Paula del Villar y Lozano, abandonar a obra. Gaudí acabou dedicando toda a sua vida e cada centavo que possuía na edificação e, até o momento, 70% da obra foram concluídos. A previsão é de que ela seja finalizada em 2026.


Grande Mesquita de Djenné

Local: Mali



A Grande Mesquita de Djenné, em Mali, foi construída no século 13, reconstruída no início do século 20, passou por uma ampliação nos anos 20 e hoje comporta até 3 mil fiéis. O templo, de estilo Sudano-Saheliano e influências islâmicas, é a maior estrutura do mundo feita em adobe, isto é, tijolos de terra crua, palha, excrementos de animais, fibras naturais e água. Também existem inúmeros troncos de palmeira enterrados em suas paredes externas — que, além de serem elementos decorativos, servem de andaimes durante as manutenções anuais que são realizadas no edifício.


Temppeliaukio Kirkko

Local: Finlândia



Projetada pelos irmãos Timo e Tuomo Suomalainen, a igreja Temppeliaukio Kirkko, situada em Helsinki, na Finlândia, é um templo luterano construído no interior de um imenso bloco de granito. O local foi escolhido em 1968 e o edifício foi criado em um afloramento rochoso cujo topo ficava 12 metros acima do nível do solo. As paredes da estrutura foram criadas removendo o “miolo” do bloco, e o teto consiste em um imenso domo de cobre posicionado sobre 180 painéis verticais de vidro que ficam sobre a rocha e permitem a entrada da luz.


Mesquita Azul

Local: Turquia



O nome oficial desse impressionante edifício situado em Istambul, na Turquia, é “Mesquita do Sultão Ahmet” — ou Sultanahmet Camii, em turco. Construída no início do século 17 em estilo otomano, a estrutura possui seis minaretes e acabou ficando conhecida como Mesquista Azul graças aos mais de 20 mil belos azulejos azuis que revestem seu teto interior e aos mais de 200 intrincados vitrais da mesma cor que permitem a entrada de luz natural.


Kinkaku-ji

Local: Japão




Também conhecido como Templo do Pavilhão Dourado, o edifício acima fica em Kyoto, no Japão, e se trata de um templo zen cuja história remonta ao século 14. O pavilhão inteiro — com exceção do piso térreo — é coberto com folhas de ouro, e o telhado é adornado por uma fênix chinesa dourada.
Postar um comentário
Assinar: Postar comentários (Atom)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...