Hierarquia secreta Illuminati



1) Magnus Rex

O posto máximo da hierarquia não pertencia a uma única pessoa, e sim a uma cabala restrita de líderes, políticos e ricos comerciantes. Esse e os dois níveis inferiores constituíam o "Aerópago dirigente", criado pelo barão Adolf von Knigge para atrair maçons de um subgrupo rival, chamado Estrita Observância.

2) Regente

O livro As Sociedades Secretas Mais Perversas da História descreve o ritual para chegar a esse posto. O aspirante era preso com correntes (representando a ignorância da humanidade) e levado como escravo à loja (nome dado ao ponto de encontro de grupos locais, como na maçonaria). Na porta, ele precisava anunciar que desejava se unir aos homens livres.

3) Sacerdote (Edopt)

A partir dessa estatura, o membro tinha acesso aos mistérios da confraria. Aprendia que não havia entidade capaz de suprir as necessidades da humanidade e só quem conhecia "o segredo de Jesus" podia resolver as mazelas da sociedade. O tal "segredo" seria a percepção de que o homem deveria voltar a seu estado original de liberdade e igualdade


4) Cavaleiro Escocês

Já podia frequentar a loja principal e conviver com os integrantes mais graduados. Deixava a teoria de lado e partia para a prática: toda sua conduta de vida deveria estar voltada a fortalecer a seita.

5) Iluminatus Major (Noviço Escocês)

Em seu último período de estudos, era exigido que o membro se inteirasse dos problemas da humanidade. Os Illuminati achavam que a Igreja e o Estado eram os responsáveis pela miséria do mundo.

6) Iluminatus Minor

Nesse estágio, o pupilo era treinado em técnicas secretas, como controle de mente e dissimulação de sentimentos. Além disso, precisava eliminar qualquer vestígio de preconceito político ou religioso

7) Novato (Minerval)

Aqui, o noviço aprofundava seus estudos das doutrinas - inclusive, por exemplo, se era correto roubar ou matar para proteger a sociedade secreta (sim, era). Membros graduados supervisionavam e definiam quando era a hora de promovê-lo.

8) Noviço

O recém-integrado ganhava um novo nome (o de Weishaupt era "Spartacus"). Devia observar o mundo, decorar as regras da seita e revelar aos superiores todos os segredos de sua vida. Após jurar diante de uma espada, era promovido a Minerval.

FONTES Livros Larousse Sociedades Secretas, diversos autores, e As Sociedades Secretas Mais Perversas da História, de Shelley Klein, revista SUPERINTERESSANTE e sites Illuminati Rex, Illuminati Symbols e Discovery
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...