Carros da pesada que deixaram saudades


Valentes, esses veículos encaram qualquer terreno sem grandes dificuldades. Porém, apesar de toda a robustez, eles já não fazem mais parte dos catálogos de suas fabricantes, seja no Brasil ou em seus países. Para matar a saudade desses carros “casca-grossa”, confira a seguir essa galeria especial.

Chevrolet D20
Lançada nos anos 1980, rivalizou com as picapes da Ford, fazendo muito sucesso; na década seguinte foi substituida pela Silverado, que nunca se consagrou como a antecessora.


Ford F-100
Lançada no Brasil durante os anos 1960, fez muito sucesso com sua robustez e se tornou um dos clássicos nacionais.

Ford Rural Willys
Lançada pela Willys Overland nos anos 1950, ficou em linha até 1977 no Brasil, passando a ter o nome Ford em 1972, quando a empresa adquiriu sua antiga fabricante.


Jeep Willys
Jeep Willys: outro veículo que saiu da linha militar, foi um dos pioneiros da Jeep e encarava qualquer terreno sem problemas.


Land Rover Defender
Produzido desde 1983, nesse ano foi encerrada sua produção; sua robustez e capacidade de superar os piores terrenos o fez ganhar fãs por todo mundo.



Toyota Bandeirante
Primeiro veículo produzido pela Toyota no Brasil, ficou em linha entre 1962 e 2001.


Troller T4
Sua segunda geração segue em linha, mas a versão original, que foi lançada em 2000 e ficando em linha até 2014.


Dodge Dakota
Fabricada no Brasil entre 1998 e 2001, teve sua versão esportiva R/T lançada em 2000, equipada com o motor V8 de 5,2 litros de 232 cv


Hummer H1 
Baseado em um projeto militar, ficou em linha entre 1992 e 2006


Lada Niva 
Embora ainda seja produzido na Rússia, o valente jipinho não aparece no mercado nacional desde o fim dos anos 1990; sua robustez tem fãs até os dias atuais no Brasil.


Gurgel X-12/Tocantins 
Embora não tivesse tração nas quatro rodas, o modelo da fabricante brasileira tinha ótimo desempenho off-road, sendo utilizado até hoje pelos trilheiros; em linha de 1975 a 1992.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...